Lavaredo


sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

O "Vassoura"

2016 Trail World Championships
 O "vassoura"
Portugal!
Há cerca de um ano o Carlos Sá comentou comigo que possivelmente o Campeonato do Mundo de Trail, seria em Portugal. Fiquei entusiasmado por dois motivos: ser em Portugal onde poderia contactar com os melhores do Mundo, e ser do meu amigo e grande campeão Carlos Sá a responsabilidade da montagem de tão grande evento.

Claro que me coloquei de imediato na disposição de ajudar sem reservas fosse no que fosse. O prestígio do nosso grande Campeão aliado a condições únicas que o nosso Parque Nacional Peneda-Gerês oferece, o Campeonato do Mundo veio mesmo para Portugal.


O vassoura
Tencionava participar nos 55 Km a solo. Quando me preparava para fazer a respectiva inscrição, fui surpreendido por um convite do Carlos Sá:

“Queres ser vassoura das seleções”? Em milésimos de segundo o meu cérebro processou um número infinito de informação e aceitei de imediato tão grande honra! Sim, considero uma honra um Atleta ter a responsabilidade de fechar e tentar levar a bom termo os Atletas de um evento desta envergadura! Para além de ter aceitado, sugeri o nome do também meu amigo Mauro Gonçalves oferecendo-me para o contactar.


O campeão
A euforia do convite não durou muito tempo. Os dias que se seguiram foram quase de “pesadelo”… Então aceitei levar o último dos concorrentes das seleções mundiais até ao final, e onde tinha eu pernas para o acompanhar? Ia ser vassoura "de mim mesmo"? E assim se passaram dois ou três dias, até que pensei que entre tanta seleção poderia vir (e vieram muitos) um Atleta que não andasse mais que eu… Vi desistir muitos, vi outros ficarem nos locais de barramento. Mas o que mais me “doeu” e me deixou ficar triste foi não ter argumentos para contrariar algumas desistências.

O dia 29 de Outubro chegou e às 5 horas na calda do controle zero, atrás do ultimo Atleta, lá estava eu e o Mauro. A partida foi dada como se sabe do Rio Caldo e lá fomos nós.
Parte activa no resultado final!

A 1ª companhia que tivemos foram 2 Atletas creio que Irlandeses. Entretanto na Vila do Gerês (30 km) já houve Atletas que ficaram. Uns desistência, outros por terem ultrapassado o tempo limite. Como o Mauro vinha a acompanhar o último Atleta que iria ficar no Gerês, quando terminou o tempo limite (10h15) fui acompanhar a Atleta (Ucraniana) que passou a ser a última.

Consegui que fizesse quase toda a subida, mas quando já estava-mos a uns escassos 300/400 metros do cimo, recusou-se a dar mais um passo para cima. Por muito que argumentasse, (e argumentei mesmo) a determinação dela era absoluta… Desci de novo até à Vila, entreguei-a e arranjei boleia até à barragem de Vilarinho das Furnas, início da Serra Amarela.


Cara bonita da Organização...
Nesse local, o Mauro foi para a frente tentar levar o/os Atletas que teriam hipótese de não ficarem barrados no Lindoso, e eu a acompanhar os últimos (um casal de irmãos da Croácia). Já a meio da subida da Serra Amarela, recebo um telefonema informando que havia uma Atleta ainda mais atrás… O casal seguiu e eu esperei por ela.

Então esta Atleta (Uruguaia) vinha à frente dos Croatas, mas resolveu ir “à casa de banho” passando assim despercebida… Foi uma agradável companhia até ao abastecimento no alto da Serra Amarela. Aí ela como não tinha hipótese de chegar ao Lindoso antes do corte, foi de carro para baixo, e eu segui até ao Lindoso num treininho que finalmente deu para correr. A companhia também foi excelente, A nossa amiga e colega D+ (Desnível Positivo) Goreti Silva, ofereceu-se para me acompanhar até lá baixo ao Lindoso….


Portugal
Como o Mauro já tinha saído há bastante tempo com o último, acabou aqui para mim a grande aventura. Se tivesse arranjado boleia para o Soajo ainda me teria juntado de novo a ele.

É bom quando tudo acaba em bem, mas melhor ainda (muito melhor) é ter um feedback de dezenas e dezenas de pessoas e identidades durante o dia de prova e ao outro dia no Bom Jesus em Braga que teceram os maiores elogios à Organização do evento. Percursos fabulosos, marcações irrepreensíveis, recepção dos Atletas exemplar, enfim, só muito boas recordações levaram para os seus países de origem.

Claro que me sinto também orgulhoso com tantos elogios porque também fiz parte integrante deste grande evento. Mais aventuras virão. E já agora que ninguém nos houve, já tive a honra de ser convidado (e ter aceite) a fechar outro grande evento: Peneda Gerês Trail Adventure versão 7 dias!!!


Obrigado Carlos Sá.

Até Abril



Serra Amarela





14 Nov 2017

Quim Sampaio-Ultratrailer

6 comentários: